Tarô: O que é e como funciona

outubro 22, 2018

Grande parte das pessoas enxerga o Tarô como uma forma de adivinhação e leitura da sorte. Contudo, numa visão mais elaborada e atual, vemos o Tarô como uma abertura, um caminho para o crescimento pessoal através do conhecimento de nós mesmos e da vida.

O Tarô representa um sistema simbólico, cujas imagens mostram mais do que meros temas capazes de retratar uma época (como nos Tarôs clássicos), ou a visão pessoal de seus criadores (nos modernos). As imagens se estruturam em padrões de comportamento, que podemos entender como alicerces da nossa psiquê – os Arquétipos – segundo o psicólogo suíço Carl Gustav Jung.

A exata origem do Tarô permanece um mistério até hoje, apesar de seus 600 anos de história registrada. Já foi atribuída há vários povos antigos como egípcios, hebreus, ciganos, chineses, hindus mesmo que tenha sido criado para servir a diversão dos nobres.

O primeiro registro do aparecimento das cartas, data do final do século XIV e, a partir daí, temos uma evolução simbólica e literária. No início, as cartas só apresentavam imagens, sem qualquer tipo de numeração ou nominação. Só entre 1500 e 1650, começaram a ser vistos alguns Tarôs ora com números, ora com nomes. Somente, por volta de 1690, é que o Tarô, em toda a Europa, obtém sua estrutura de 78 cartas.

O Tarô é composto por 78 arcanos: 22 arcanos maiores e 56 arcanos menores. Os baralhos que fogem dessa estrutura clássica, não podem ser considerados Tarô. Usado de forma lúdica e oracular nos dias de hoje, assim como foi desde seu surgimento, é ferramenta de trabalho e objeto de coleção, apresentando inúmeras variações artísticas, representadas por uma quantidade enorme de belíssimos baralhos. Apesar de serem elaborados a partir de temas e traços diferentes, todos consistem no mesmo.

Como o Tarô pode me ajudar?
O Tarô consegue mergulhar fundo em nossa vida, em nossa alma, reconstruindo o nosso momento através da disposição de suas cartas, que funcionam como janelas ou telas. De maneira impessoal, as cartas irão desvendar as situações e as energias que estão presentes em nossas vidas.

O Tarô nos traz também, uma visão mais ampla, que irá proporcionar uma maior e melhor compreensão de nós mesmos, pois conseguiremos entender as situações que vivemos agora, de forma mais clara: conhecendo desde a raiz do problema (na sua origem), até os possíveis caminhos futuros e seus prováveis desfechos.

Toda essa informação nos ajudará a descobrir quem somos, como funcionamos e, também, irá nos guiar e orientar, para que possamos fazer as melhores escolhas, conduzindo nossa vida de forma positiva e evitando que venhamos a comprometer nossa felicidade.

O mais importante da consulta com o Tarô, é que ele sempre nos apresentará as possibilidades e as probabilidades dos acontecimentos, para que possamos, nós mesmos, decidir e assim, construir a nossa vida através do exercício do maior poder que Deus nos deu: o livre arbítrio. Portanto, o oráculo não vai decidir por você, pois isso é um dever e uma responsabilidade sua. Entretanto, você conseguirá entender melhor a situação e obter uma orientação de como deve se posicionar diante dos acontecimentos de sua vida.
 

Por Alex e Raquel

Chame-nos no Whatsapp !