A visão sobre os oráculos evoluiu bastante. Através da interdisciplinaridade, tornou-se possível amplificar o entendimento sobre eles, buscando áreas, como a psicologia e a simbologia. Compreendemos que a função do Tarô vai além de revelar o futuro e sua aplicação, pode ocorrer em várias áreas: desde a humana até a empresarial.
Falando especificamente do Tarô, temos um sistema simbólico, cujas imagens mostram mais do que meros temas capazes de retratar uma época (como nos Tarôs clássicos), ou a visão pessoal de seus criadores (nos modernos). As imagens se estruturam em padrões de comportamento, que podemos entender como alicerces da nossa psiquê – os Arquétipos – segundo o psicólogo Carl Gustav Jung.

 

Como o Tarô pode me ajudar?
O Tarô consegue mergulhar fundo em nossa vida, em nossa alma, reconstruindo o nosso momento através da disposição de suas cartas, que funcionam como janelas ou telas. De maneira impessoal, as cartas irão desvendar as situações e as energias que estão presentes em nossas vidas.
O Tarô nos traz também, uma visão mais ampla, que irá proporcionar uma maior e melhor compreensão de nós mesmos, pois conseguiremos entender as situações que vivemos agora, de forma mais clara: conhecendo desde a raiz do problema (na sua origem), até os possíveis caminhos futuros e seus prováveis desfechos.
Toda essa informação nos ajudará a descobrir quem somos, como funcionamos e, também, irá nos guiar e orientar, para que possamos fazer as melhores escolhas, conduzindo nossa vida de forma positiva e evitando que venhamos a comprometer nossa felicidade.
O mais importante da consulta com o Tarô, é que ele sempre nos apresentará as possibilidades e as probabilidades dos acontecimentos, para que possamos, nós mesmos, decidir e assim, construir a nossa vida através do exercício do maior poder que Deus nos deu: o livre arbítrio. Portanto, o oráculo não vai decidir por você, pois isso é um dever e uma responsabilidade sua. Entretanto, você conseguirá entender melhor a situação e obter uma orientação de como deve se posicionar diante dos acontecimentos de sua vida.

 

Como tudo isso funciona? Como numa tiragem aleatória de cartas, conseguimos informações tão precisas?
Bem, aplicaremos a Psicologia Profunda ou Analítica e usaremos a teoria da Sincronicidade de Carl Jung, para entender essas questões. Apesar de complexa em seu funcionamento, é simples de explicar:
Quem já não esteve com algum problema incomodando muito, sem saber o que fazer até que, de repente, a letra de uma música, a conversa de pessoas estranhas passando perto de você, o comentário de uma amiga, enfim, uma situação inusitada acontece, e então, seu problema se resolve e sua angústia acaba? Pois é… A isso Jung chama de Sincronicidade. São coincidências significativas, que partem de situações paralelas sem nenhuma ligação, mas que, subitamente, se ligam e afetam uma a outra de forma causal. Resumindo, podemos dizer que a consulta ao oráculo seria uma forma controlada de Sincronicidade.
Essa teoria que ganha forma e visibilidade no oráculo, serve para nos mostrar que estamos todos interligados e que fazemos parte de um todo. O que afeta a nós mesmos, afetará em maior ou menor grau várias pessoas e situações a sua volta. Isso serve para nos tornar conscientes de que somos parte do mundo em que vivemos e que estamos ligados uns aos outros, independente da distância física.

 
E, é por aí que entenderemos mais uma questão importante: A consulta feita à distância, sem estar presente fisicamente na hora da leitura e tiragem das cartas, realmente funciona?
Sim, funciona! A explicação é simples: essa ligação se dá através desse canal energético, psíquico, que transcende o tempo e o espaço e elimina a necessidade da presença física, uma vez que o que nos liga uns aos outros e ao Universo não é algo físico. Daí o sucesso das leituras à distância, que se comprova de forma empírica.
Na consulta feita à distância, existe uma forte sintonia entre tarólogo e cliente, pois estão presentes as energias universais, o que permite uma leitura precisa das cartas. Por isso, não se preocupe: a mesma qualidade que você encontra numa consulta presencial, encontrará também, nas consultas à distância.

 

Por Alexsander Lepletier e Raquel Carvalho
Chame-nos no Whatsapp !