A PÁSCOA

março 26, 2016

26910274294_669215216482622_2114710420412603786_nA Páscoa é um momento de renascimento, renovação e libertação, pois acontece na primavera, no hemisfério norte. É quando a vida desperta depois dos rigores do inverno. A partir dos ciclos naturais surgem muitos dos principais rituais e celebrações religiosos.
Eostre ou Ostara é uma deusa da fertilidade, associada à primavera que surgiu nas mitologias modernas e mesmo não sendo encontrada em nenhuma tradição antiga, não perde o seu encanto e simbolismo nos dias de hoje, estando ligada, dessa forma, ao simbolismo da Páscoa.
Ela ganha especial beleza na romântica descrição de Jacob Grimm em seu “Teutonic Mythology”:
“Ostara, Eostre parece ter sido uma divindade da manhã radiante, da luz ascendente, um espetáculo que traz alegria e bênçãos, cujo significado pode facilmente ser adaptado ao da ressurreição do Deus Cristão.”
Também é associada à lebre, e aos pássaros.
No petit lenormand, é na carta 17, a, cegonha que encontramos as correspondências com a deusa, a Páscoa e a primavera. A cegonha é ave migratória que se vai junto com as luz e o calor e retorna junto com eles. Simboliza os momentos prósperos do mundo, os nascimentos e a renovação. É a fertilidade, traz os bebês em seu bico, e o rumar na direção correta. Não é a toa que ela é um dos animais de Eostre que podemos ver nessa imagem, uma das suas mais antigas representações feita elo alemão Johannes Gehrts, em 1901. A ela são atribuídos todos os símbolos da fertilidade e da vida, incluindo a cegonha.
Também é associada a Cristo na simbologia cristã tanto na anunciação como na ressurreição.
Desejo a vocês uma Feliz Páscoa! Que a prosperidade a abundância estejam presentes na vida todos e que possamos nos libertar das amarras do passado e seguir confiantes na direção de dias melhores e cheios de alegria.

Chame-nos no Whatsapp !